As 11 Ferramentas De E-mail Marketing Que Você Precisa Conhecer!

As 11 Ferramentas De E-mail Marketing Que Você Precisa Conhecer!

Ferramentas de e-mail marketing tem como objetivo principal buscar ajudá-lo a alcançar melhores resultados em suas campanhas de e-mail

As ferramentas de e-mail marketing podem gerar grandes impactos no desempenho de suas campanhas de e-mail. Através dessas ferramentas, é possível gerenciar e controlar a forma como você se conecta com seu público por meio de e-mail.

No entanto, muitos ainda têm dúvidas a respeito dessa ferramenta e como usá-la de forma efetiva. Ficou curioso para conhecer mais sobre o assunto? Então continue lendo esse conteúdo para descobrir!

Ferramentas de e-mail marketing

As 11 Ferramentas De E-mail Marketing Que Você Precisa Conhecer!Em primeiro lugar, é preciso saber o que são as ferramentas de e-mail marketing. Bem, de forma simples, essas ferramentas são softwares cujo principal objetivo é ajudá-lo a alcançar melhores métricas em suas campanhas de e-mail.

Não há dúvidas de que a tecnologia faz parte da vida de milhares de pessoas, incluindo também diversos setores, como o imobiliário. Com isso, hoje em dia, o marketing digital é um aliado poderoso para trazer grandes resultados em todos os segmentos.

Sendo assim, há muitas formas de usar o marketing digital a seu favor, através das redes sociais e marketing de conteúdo, por exemplo. Porém, o e-mail marketing também é outra ferramenta com grande potencial a ser explorado.

Afinal, o e-mail é uma plataforma que os usuários usam todos os dias. Com isso, a empresa pode enviar o conteúdo direto para o seu público-alvo, segmentado de acordo com as preferências.

Entre as ferramentas de e-mail marketing mais usadas, podemos destacar as seguintes:

Por que usar ferramentas de e-mail marketing?

As 11 Ferramentas De E-mail Marketing Que Você Precisa Conhecer!De acordo com uma pesquisa, cerca de 82% dos profissionais de marketing ao redor do mundo preferem o e-mail marketing como estratégia para aumentar os leads e taxas de conversão.

Isso não quer dizer, porém, que as demais estratégias de marketing não funcionam. Na verdade, entre todas elas, o e-mail marketing é a que mais tem destaque, por ser rentável e oferecer bons resultados.

Sendo assim, com uma ferramenta de e-mail marketing, é possível segmentar e enviar um conteúdo personalizado para cada cliente, de acordo com seus interesses. Além de construir uma relação mais próxima com o público.

Afinal, a venda de um imóvel não é uma tarefa fácil, demanda tempo e paciência. Por isso é importante construir essa relação de confiança com o cliente, para que ele sinta-se mais seguro em efetuar a compra.

Caso você tenha algumas dúvidas sobre como usar o e-mail marketing de forma eficiente, confira logo abaixo algumas dicas que poderão ajudá-lo!

  1. E-mails de conteúdo:

O primeiro passo é construir um e-mail que tenha conteúdo relevante para o seu público-alvo. Afinal, um e-mail apenas com ofertas e anúncios não são suficientes para estabelecer uma relação de confiança.

Portanto, quando for criar o e-mail, escreva sobre assuntos que façam parte do setor de imóveis e que sejam do interesse de seu cliente. O recomendado é que cerca de 70% dos e-mails sejam de valor e qualidade, enquanto o resto pode ser sobre propagandas e ofertas.

  1. E-mails curtos e objetivos:

Muitas pessoas desistem de ler um e-mail quando o texto é muito longo. Por isso, o ideal é ser breve e objetivo em seu assunto, para não tomar muito tempo do cliente, tão pouco fazer com que perca o interesse em ler.

Além disso, é necessário que a chamada para ação, que consiste em um link para acessar o site da empresa ou número do WhatsApp, por exemplo, esteja em um local de fácil acesso.

Quanto ao texto, é preciso que ele seja direto, como dito, e também em uma linguagem mais simples e descontraída. Assim é possível que o cliente sinta-se uma maior proximidade.

  1. Não esqueça de elaborar um “Assunto” que chame a atenção:

O campo do assunto é uma das partes mais importantes de um e-mail, afinal, é o primeiro ponto que o cliente olha. Não deixe de caprichar no assunto do e-mail, criando uma frase que chame atenção do cliente o suficiente para instigar a sua leitura.

  1. Capriche no visual:

O visual do e-mail também é um fator que merece destaque, para que o cliente tenha uma boa impressão visual. Caso contrário, ele poderá excluir o seu cadastro de mailing em sua imobiliária.

Para passar maior credibilidade e confiança ao cliente, elabore bem o visual do e-mail, pense nas cores, como irá organizar os pontos, se terá alguma imagem etc.

  1. Revise o e-mail:

Ao terminar de criar o seu e-mail, revise-o antes de enviar para a sua lista de mailing. Verifique se está tudo correto e funcionando corretamente, como os anexos, links, grafia, etc.

Uma dica é enviar o e-mail primeiro para você mesmo ou alguma outra pessoa, para verificar se está tudo de acordo. Só depois então envie para o seu público-alvo.

  1. Construa um mailing:

Até agora estamos falando sobre a lista de mailing, mas você sabe o que isso significa? De forma resumida, é a sua lista de contatos onde você irá segmentar o e-mail marketing.

Um erro cometido por diversas empresas, é comprar a lista de e-mail de terceiros. Embora você consiga uma lista maior de contatos, isso não quer dizer que será possível converter todos esses contatos em leads.

Ainda mais no setor de imóveis, pois é pouco provável que uma pessoa que não esteja interessada, sequer abra o seu e-mail. Portanto, o mais recomendado é construir a sua própria lista de mailing.

Para conseguir obter o endereço de e-mails de pessoas verdadeiramente interessadas, uma ideia é oferecer um conteúdo gratuito para download. Assim, uma pessoa que tem interesse irá preencher um formulário e informar o seu e-mail.

A partir das informações obtidas por meio desse formulário, você poderá segmentar os seus e-mails de acordo com os interesses de cada cliente. Assim o seu conteúdo alcançará o público certo, com maiores chances de conversão.

  1. Faça uma análise dos resultados:

Por fim, para saber se o seu conteúdo está realmente sendo efetivo ou se há algum ponto que possa melhorar, é essencial analisar os resultados. Dessa forma, levando em conta as métricas, é possível saber qual retorno está obtendo com essa estratégia.

Como por exemplo, você poderá verificar quantas pessoas abriram o seu e-mail, se alguém indicou a sua empresa para outra pessoa, se foi fechado um negócio, etc.

Conclusão

As 11 Ferramentas De E-mail Marketing Que Você Precisa Conhecer!Em suma, as ferramentas de e-mail marketing são essenciais para obter melhores chances de alcançar o seu público-alvo e aumentar as chances de conversão. Se você ainda não usa essa estratégia, então está na hora de começar a usar!

Gostou dessas dicas? Ainda tem alguma dúvida a respeito? Então não esqueça de deixar o seu comentário!

Tags: 

E-mail marketing

Redação Si9 Sistemas

A Si9 Sistemas atua com Tecnologias e Soluções para Imobiliárias, procurando inovação para o setor e contribuindo com conteúdos para agregar valor no dia a dia de nossos clientes. Deixe nos comentários suas dicas e opinião sobre o conteúdo! :D

Deixe seu Comentário